SOU DO CEARÁ


"Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece e procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrer
Não nego meu sangue, não nego meu nome
Olho para a fome , pergunto o que há ?
Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
Sou cabra da Peste, sou do Ceará."

Patativa do Assaré

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

GREVE DOS PROFESSORES DO ESTADO DO CEARÁ

Um comentário:

  1. Todos à luta conta a ditadura no Ceará e em defesa da educação.

    ResponderExcluir