SOU DO CEARÁ


"Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece e procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrer
Não nego meu sangue, não nego meu nome
Olho para a fome , pergunto o que há ?
Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
Sou cabra da Peste, sou do Ceará."

Patativa do Assaré

quinta-feira, 29 de maio de 2014

CEARENSES APAVORADOS... POLÍTICOS REPROVADOS

Eudes Xavier culpa caos no transporte à “incompetência da política de segurança”


eudesxavier (1)

" Do deputado federal Eudes Xavier (PT), recebemos nota em que ele lamenta Fortaleza sem ônibus, resultado da “incompetência da política de segurança pública” do Governo. Confira:


Caríssimo Eliomar de Lima,

Sobre os transtornos ocorridos no dia de hoje em Fortaleza e Região Metropolitana, tenho a dizer que centenas de milhares de fortalezenses ficaram sem transporte público por conta da incompetência da política de segurança pública do Governo do Estado.
Nos últimos dias, quatro policiais foram mortos. Ontem à noite, um motorista de ônibus. Onde vamos parar?
E não adianta o governador vir a público dizer que crítica contra esse estado de coisas é eleitoreira. Foi ele que, em 2006, se elegeu prometendo ao povo do Ceará o paraíso em termos de segurança pública. Se antes estávamos num purgatório, agora estamos num inferno em termos de violência."


* Eudes Xavier Deputado Federal – PT Ceará.


(Foto – Paulo MOsKa)


FONTE: BLOG DO ELIOMAR DE LIMA
http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar

CEARENSES APAVORADOS... POLÍTICOS REPROVADOS...

" Motoristas e cobradores fecham os sete terminais de ônibus de Fortaleza "

" Categoria protesta contra falta de segurança dentro dos coletivos.
Na quarta-feira (28), motorista e cobrador foram esfaqueados em assalto."

Do G1 CE
terminal de messejana foi depredado durante paralisação (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução) 
" Terminal de ônibus de Messejana foi depredado durante paralisação  "
(Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
 
" Motoristas e cobradores do transporte coletivo fecharam os sete terminais de ônibus de Fortaleza na manhã desta quinta-feira (29), em protesto contra a violência. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-CE), nenhum veículo está entrando ou saindo dos terminais do Siqueira, Antônio Bezerra, Parangaba, Conjunto Ceará, Messejana, Lagoa e Papicu."

Entradas e saídas de terminais de ônibus foram fechadas por motoristas e cobradores em protesto. Esta é uma imagem do Terminal da Parangaba. (Foto: Ludigardo Oliveira/Arquivo Pessoal) 
" Entradas e saídas de terminais de ônibus foram
fechadas no terminal de Parangaba "
(Foto: Ludigardo Oliveira/Arquivo pessoal)
 
" A primeira unidade a ser fechada pela categoria foi a do Siqueira. A manifestação teve início às 22h30 de quarta-feira (28), após os trabalhadores serem informados de que um motorista e um cobrador haviam sido esfaqueados durante um assalto à noite, na Avenida Osório de Paiva, no bairro Siqueira. O motorista Francisco Erivaldo Marinho, de 55 anos, morreu por volta de 7h desta quinta-feira.
Houve tumulto no terminal Siqueira no início da manhã desta quinta. Dois homens foram presos pela Polícia Militar por suspeita de assaltar passageiros que esperavam para entrar no terminal. A dupla foi agredida por usuários do transporte público antes de ser presa e encaminhada para o 5° Distrito Policial  da Parangaba."

" No terminal Parangaba, no cruzamento da Rua Germano Frank com a Avenida Silas Munguba, uma longa fila de ônibus se formou nesta manhã. Usuários revoltados ficavam do lado de fora. Os terminais do Antônio Bezerra e Messejana estavam na mesma situação."
Ônibus foram abandonados dentros dos termianis (Foto: Ludigardo Oliveira/Arquivo Pessoal) 
"Ônibus foram abandonados dentros dos terminais "
(Foto: Ludigardo Oliveira/Arquivo pessoal)
 
 
Protestos

" Motoristas e cobradores da linha Álvaro Weyne-Centro deixaram de circular na madrugada de quarta-feira no Bairro Álvaro Weyne. O protesto ocorreu na Rua Teodomiro de Castro. A via foi bloqueada, e nenhum veículo pôde passar pelo local. Cerca de 15 ônibus pararam durante o ato.

Essa manifestação foi organizada após o esfaqueamento de outro motorista, ocorrido na noite de terça-feira (27). A vítima sofreu um corte no braço direito e foi encaminhada ao hospital. O homem passa bem e já está em casa. Segundo o condutor Evandro Hermes, amigo do motorista ferido, os suspeitos subiram no coletivo por volta das 19h30 e agiram com violência.
"Foram os mesmos que tentaram assaltar o ônibus na semana passada. Como o motorista reconheceu os assaltantes, ele não parou. Nesta terça-feira, eles conseguiram subir no ônibus, pularam a catraca e esfaquearam o motorista. Depois disso, ele trouxe o coletivo para cá para fazer o protesto", contou Evandro.

De acordo com o presidente do Sintro-CE, Domingos Neto, a categoria espera uma providência dos órgãos de segurança para conter os casos de violência. Em Fortaleza existe quase 1,1 milhões de usuários de transporte público, a frota de ônibus é de 1.928 ônibus. A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) não soube informar quantos ônibus estão parados."



FONTE: PORTAL DE NOTÍCIA G1
http://g1.globo.com/ceara/noticia/2014/05/motoristas-e-cobradores-fecham-os-sete-terminais-de-onibus-de-fortaleza.html

EVANGELHO DE HOJE


terça-feira, 27 de maio de 2014

IV CONGRESSO DE ESCRITORES, POETAS E LEITORES DO CEARÁ




 
IV CONGRESSO DE ESCRITORES, POETAS E LEITORES DO CEARÁ

DE 25 A 27 DE JULHO DE 2014

PROMOÇÃO GRUPO CHOCALHO 



TEMA: "  A PARTICIPAÇÃO DO ESCRITOR NO PROCESSO DE REDEMOCRATIZAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL "



JUSTIFICATIVA 



O autoritarismo instaurado com o Golpe Militar de 64 foi um dos fatores históricos mais influentes nas manifestações artísticas e culturais no Brasil. Grandes movimentos surgiram em protesto à ditadura, perpetuada ao longo de duas décadas. Festivais de música, tropicalismo, poesia do “desbunde”, poesia social e marginal, foram algumas das manifestações com tom de arte. A poesia do desbunde foi uma reação de escapismo à opressão, em tom irônico. Seu maior divulgador foi o Pasquim, que reunia intelectuais como: Henfil, Paulo Francis, Ruy Castro, Ziraldo, e colaboradores como Chico Buarque e Rubem Fonseca. O Pasquim tinha uma luta sem tréguas contra a ditadura vigente. Acabou perseguido e censurado durante o governo militar. Nas décadas de 70/80 surge o movimento chamado poesia marginal, que tem como destaque os poetas Cacaso, Torquato Neto, Chacal, Charles, Paulo Leminski e Ana Cristina César. Os poetas marginais tinham a preocupação com a expressão de questões sociais, além de fatos triviais e sentimentais. Por mais de duas décadas de repressão cultural no Brasil, a arte do protesto, tornou-se importante, bela e essencial. Durante os dez anos de vigência do AI-5 (1968-1978), cerca de 200 livros sofreram veto. Os critérios eram obscuros: cenas de sexo, palavrões e a sugestão de propaganda política eram as justificativas mais comuns, mas pretextos vagos, como “atentado à moral e aos bons costumes” e “conteúdo subversivo”, também eram usados. O órgão responsável era a Divisão de Censura de Diversões Públicas, que durou até 1988, ano em que a Assembleia Nacional Constituinte pôs fim à censura. A censura não poupou os romances e contos Feliz Ano Novo, de Rubem Fonseca; Zero, de Inácio de Loyola Brandão; Dez Estórias Imorais, de Aguinaldo Silva; Em Câmara Lenta, de Renato Tapajós; Mister Curitiba, de Dalton Trevisan; e O Cobrador, de Rubem Fonseca. Muitos escritores a exemplo de Jorge Amado e Érico Veríssimo protestaram contra a censura, e teve escritores que até foram presos por conta do conteúdo de suas obras, como foi o caso de Cassandra Rios, que 1976 dos seus 36 livros teve 33 censurados. Contudo, com o processo de redemocratização fruto da luta de artistas, poetas, escritores e músicos, além de homens como Ulisses Guimarães, Tancredo Neves e Dante de Oliveira dentre outros heróis anônimos que entregaram suas vidas na luta pela libertação política do Brasil, mostra hoje, alguns de seus resultados.

NO CEARÁ 

No Ceará,  ao longo dos anos 60, 70 e 80, vários escritores, poetas, artistas e intelectuais saíram em defesa da Democracia, desafiando a Ditadura Militar, transformando em arte o luto e a luta pela Liberdade. Alguns foram perseguidos e até presos. Mas nem o cárcere silenciou a voz, os versos e as palavras dos nossos artistas. Surgiram vários Movimentos de Resistência, dentro e fora das Universidades.
Desse tempo de lutas destacamos, o GRUPO SIN, fundado por Roberto Pontes, Pedro Lyra, Horácio Dídimo, Linhares Filho e Rogério Bessa; CLUBE DOS POETAS CEARENSES, NAÇÃO CARIRI; MOVIMENTO DE ARTE POPULAR DO PIRAMBU; PESSOAL DO CEARÁ; GRUPO CHOCALHO; GRUPO COMBOIO; GRUPO DE TEATRO GRITA e intelectuais e artistas, onde destacamos: Patativa do Assaré; José Alcides Pinto;  Oswaldo Barroso; Rosemberg Cariri; Dimas Macêdo; Barros Pinho; Batista de Lima; Stênio Freitas; Auriberto Cavalcante; Costa Senna; Mário Gomes; Costa Matos; Juarez Leitão; Guaracy Rodrigues; José Carlos Matos; Omar Rocha; Graça Freitas; Diogo Fontenelle; Janice Shirley; Francisco Carvalho; Raimundo Cavalcante; Nirton Venâncio; Rogaciano Leite Filho; Ronaldo Cavalcante; Adriano Spínola; Gildemar Pontes; Carlos Emílio Corrêa Lima; Natalício Barroso Filho; Nilze Costa e Silva; Chico Leite; Franzé Rodrigues; Gilmar de Carvalho; Audifax Rios; Manoel César; Luciano Maia; Carlos Augusto Viana; Oscar Bezerra; Gabriel José da Costa; Roberto Matoso; Marisa Biasoli; Mano Alencar; Luciano Barreira; Laerte Magalhães; Regine Limaverde;  Eliezer Rodrigues; Airton Monte; Augusto Pontes; Fernando Néri; Braúlio Ramalho; Renato Saldanha e muitos outros.




OBJETIVOS GERAIS DO CONGRESSO


* Prestar uma homenagem aos escritores e poetas cearenses que sofreram  durante a Ditadura Militar a aqueles que lutaram contra o regime ditatorial;

* Discutir a participação de escritores brasileiros e especial cearense no processo político em         nosso país;

* Congregar o máximo de Escritores, Poetas e Leitores, que atuam nas mais diversas atividades liberais e partilhar as angústias e as esperanças comuns para publicar, editar e formar  novos Leitores críticos e conscientes;

* Além de congregar os que atuam no cenário das Letras, é preciso atrair Leitores e Editoras para se interessarem por autores novos, e também publiquem os veteranos;

*  Conhecer, Propor e Participar da elaboração das Políticas Públicas Culturais dos Governos: Federal, Estadual e Municipal;

*  Assegurar aos Escritores e Poetas a efetiva participação nos eventos Oficiais da Cultura no Ceará;

*  Exigir prioridades condizentes com a realidade da Cultura Cearense, antes de importar modelos culturais milionários do Primeiro Mundo;

*  Abrir " janelas " virtuais e reais para mostragem do Produto:  " LITERATURA CEARENSE ";


GRUPO CHOCALHO 
 


 RESGATANDO A " CARTA DO LICEU "


DOCUMENTO FINAL DO III CONGRESSO DE ESCRITORES, POETAS E LEITORES DO CEARÁ


III CONGRESSO - CARTA DO LICEU

 
III CONGRESSO DE ESCRITORES, POETAS E LEITORES DO CEARÁ
FORTALEZA, 23, 24 25 DE JULHO DE 2012
Local: Auditório do  Liceu do Ceará
" DESPERTANDO CONSCIÊNCIAS "

 DOCUMENTO FINAL
CARTA DO LICEU
Art. 1°- O III Congresso de Escritores, Poetas e Leitores do Ceará cujo o tema é:       “O Escritor como protagonista da construção da Consciência política da sociedade brasileira”. Terá os seguintes objetivos:
I-    Discutir a produção cultural cearense nos seus aspectos históricos, da produção simbólica, da gestão, da participação social e da plena cidadania.
II-    Propor estratégias para o fortalecimento da cultura como centro dinâmico do desenvolvimento sustentável e solidário;
III-    Promover o debate entre, gestores, investidores e demais protagonistas da cultura da cultura do Ceará, valorizando a diversidade das expressões e o pluralismo das opiniões de acordo com os objetivos do II Congresso, Poetas e Leitores do Ceará;
IV-   Propor estratégias para universalizar o acesso da população à produção e à fruição dos bens e serviços culturais;
V-     Propor a transversalidade da cultura e da literatura em outras áreas sociais;
VI-     Avaliar os resultados obtidos a partir do II Congresso;
VII-   Promover o debate sobre nossa cultura e compartilhamento de conteúdo livros;
VIII-     Propor estratégias para a formação de público consciente consumidor de produtos culturais (Leitores);
IX-      Propor a criação de Encontros Permanentes entre Escritores, Poetas e Leitores, além de outros segmentos interessados, com o OBJETIVO de DISCUTIR e SUGERIR AÇÕES PARA AS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA NO CEARÁ, além de DEBATER os grandes temas políticos e sociais procurando soluções criativas para as soluções desses problemas;
X-     Contribuir, através de nossa produção cultural para DESPERTAR CONSCIÊNCIA POLÍTICA DE NOSSA SOCIEDADE.

PROPOMOS AINDA: 

I-   Criação da Cesta Básica Literária- Todo empregador do Estado do Ceará terá que fazer a doação semestral de um livro de autor cearense aos seus funcionários.
II-      Lutar pela aprovação de 3% do orçamento do Estado ser destinado à pasta da cultura;
III-   Implantação de Quiosques Culturais mantidos pela Secretaria de Cultura de Fortaleza - Secultfor, com instalação de pontos de venda exclusivamente para o autor cearense, de preferência em local visível, inclusive para os turistas.
IV-    Recepção cultural - Distribuição de cordel no aeroporto aos turistas que desembarcarem no estado, através de uma parceria entre a Secretaria de Cultural e a Secretaria de Turismo;
V-      Reorganizar a Cooperativa de Escritores e Poetas para produzir e vender obras em mutirão durante a Copa do Mundo;
VI-    Sugerir que as Secretarias de Cultura do Ceará e Fortaleza realizem oficinas permanentes de orientação para proponentes dos Editais;
VII-   Implantar programas de formação de leitores (oficinas) nas Escolas, Sindicatos, Bibliotecas;
VIII-  PROVOCAR A CÂMARA DE VEREADORES E/OU ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA PARA A APROVAÇÃO DE UMA LEI (OU ADITIVO DE LEI) OBRIGANDO AS LIVRARIAS A NEGOCIAREM UMA COTA DE NO MÍNIMO 20% ( VINTE POR CENTO ) DE AUTORES CEARENSES COM UMA COMISSÃO DE NO MÁXIMO 30% (TRINTA POR CENTO);
IX-    Exposição e feira nos pontos turísticos mais visitados da cidade, com recital, autógrafos;
X-   GARANTIR, JUNTO A SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO, UM STAND PARA OS ESCRITORES CEARENSES NAS BIENAIS DO LIVRO, QUE ACONTECEM DE DOIS ANOS NA CIDADE, COM REALIZAÇÃO DE SEMINÁRIOS PARA DEBATER TEMAS PERTINENTES LIGADOS A NOSSA CULTURA;
XI-  Encaminhar esse Documento para Assembléia Legislativa  ( Comissão de Cultura e Educação), Governador do Estado, Prefeita de Fortaleza, Secretários de Cultura do Estado e de Fortaleza,  e Candidatos a eleição este ano;

  O III CONGRESSO DESTACA:
Os 25 anos do Centro Cultural dos Cordelistas do Nordeste.



MOÇÕES


Nós, escritores reunidos no III Congresso de Escritores, Poetas e Leitores do Ceará, REPUDIAMOS:

1-  A descriminação de escritores cearenses por parte de livrarias  editoras;
2-  Os atos nocivos e as omissões referentes a cultura no Estado do Ceará;
3- A corrupção crescente no Estado do Ceará.
4-  A violência que aprisiona o cidadão tirando o seu direito de ir e vir, levando    ao extermínio principalmente da nossa juventude.
5-  O investimento de grandes valores  em obras não prioritárias  em       detrimento da arte e cultura.

 

              
PARTICIPARAM DO III CONGRESSO MEMBROS DE VÁRIAS ENTIDADES E GRUPOS LITERÁRIOS, BEM COMO ESCRITORES INDEPENDENTES.
ESTAVAM  PRESENTES:
ABRAÇO LITERÁRIO;
ACADEMIA CEARENSE DA LÍNGUA PORTUGUESA;
ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DO CEARÁ;
ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DE CAUCAIA;
ACADEMIA DE LETRAS DOS MUNICÍPIOS DO CEARÁ;
ACADEMIA DE LETRAS JUVENAL GALENO;
ACADEMIA MAÇÔNICA DE LETRAS;
ACADEMIA DE LETRAS DE FORTALEZA;
ACADEMIA DE LETRAS DO NORDESTE;
ACADEMIA CEARENSE DE LETRAS;
ASSOCIAÇÃO CEARENSE DOS ESCRITORES DO CEARÁ – ACE;
CECORDEL – CENTRO CULTURAL DOS CORDELISTAS DO NORDESTE;
CEIA LITERÁRIA;
CEXTA LIETERÁRIA – IDEAL CLUBE
GRUPO CHOCALHO;
ESCRITORES INDEPENDENTES;
MOVIMENTO CULTURAL TERÇA-FEIRA EM PROSA E VERSO;
SOPOEMA- SOCIEDADE DOS ESCRITORES E POETAS DE MARACANAÚ;
UNIÃO BRASILEIRA DOS TROVADORES – UBT;
TEMPLO DA POESIA;
UNIFOR - PROF. BATISTA DE LIMA.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

PAPA FRANCISCO E A PAZ MUNDIAL


 " Em ato histórico, papa e patriarca pedem aproximação entre igrejas "

" Francisco e Bartolomeu prometeram respeitar as diferenças. No mesmo dia, Israel e Palestina aceitaram convite para rezarem pela paz no Vaticano. Visita do papa ao Oriente Médio acaba hoje " 

ANDREW MEDICHINI/AFP
"Papa e Bartolomeu oram sobre a Pedra da Unção, em Jerusalém"


" O papa Francisco reuniu-se ontem com o patriarca de Constantinopla, Bartolomeu I, líder da Igreja Ortodoxa Grega, em Jerusalém, para um encontro ecumênico histórico pela união entre cristãos. Os dois principais líderes do Cristianismo assinaram uma declaração, pedindo progresso na aproximação entre suas igrejas, separadas desde 1054.

Francisco e Bartolomeu ficaram por algum tempo ajoelhados na entrada da Basílica do Santo Sepulcro, onde, de acordo com a tradição cristã, Jesus foi crucificado e ressuscitou. A multidão aplaudiu os dois dirigentes e depois entoou cantos de louvor durante a celebração ecumênica. “Nesta basílica, para a qual todo cristão olha com profunda veneração, chega a seu ápice a peregrinação que estou fazendo”, disse o papa.

“Peregrinamos seguindo as pegadas de nossos predecessores, o papa Paulo VI e o patriarca Atenágoras, que, com audácia e docilidade ao Espírito Santo, tornaram possível, há 50 anos, na Cidade Santa de Jerusalém, o encontro histórico entre o bispo de Roma e o patriarca de Constantinopla”, lembrou.

Na declaração, de 10 pontos, Francisco e Bartolomeu se comprometeram a respeitar “as legítimas diferenças, pelo bem de toda a Humanidade”. Também concordaram em trabalhar para que “todas as partes, independentemente de suas convicções religiosas, favoreçam a reconciliação dos povos”. Francisco estava bastante emocionado. 


Convite a Israel e Palestina


Horas antes, o papa entrou em contato, em Belém (cerca de oito quilômetros de Jerusalém), com a realidade do conflito entre israelenses e palestinos, ao tocar a barreira de separação israelense, quando pediu o fim de uma situação “inaceitável”. Ele foi recebido com todas as honras de Estado da Palestina pelo presidente Mahmud Abbas, e por uma delegação de autoridades palestinas.
Diante de Francisco, Abbas acusou Israel de tentar “mudar a identidade de Jerusalém Oriental e de asfixiar sua população palestina, cristã e muçulmana, com o objetivo de expulsá-la” da cidade.

O papa convidou Abbas e o presidente de Israel, Shimon Peres, para rezar pela paz no Vaticano. Os dois aceitaram, e o encontro está marcado para 6 de junho. Trata-se de uma vitória importante para o papa, já que as conversas de paz entre palestinos e israelenses estão travadas e uma vez que, há pelo menos um ano, não há grandes encontros de autoridades.

Peres saudou a iniciativa de Francisco de oferecer “a sua casa” a israelitas e palestinos, afirmando que “sempre apoiou qualquer iniciativa”como essa.

“Aqueles que fazem parte da Igreja têm a obrigação de se tornar ferramentas para a paz,”, disse Francisco, que encerra nesta segunda-feira sua visita ao Oriente Médio. Foi a primeira vez que o pontífice esteve na região. (das agências de notícias)

NÚMEROS

50 anos
atrás havia ocorrido o último encontro entre um papa e o patriarca da Constantinopla "


FONTE: JORNAL O POVO
http://www.opovo.com.br/app/opovo/mundo/2014/05/26/noticiasjornalmundo,3256431/em-ato-historico-papa-e-patriarca-pedem-aproximacao-entre-igrejas.shtml

domingo, 25 de maio de 2014

ACORDA BRASIL !!!!

CHARGE:  SINFRÔNIO  - DIÁRIO DO NORDESTE 

EVANGELHO DE DOMINGO - 25 DE MAIO DE 2014













Jesus promete o Espírito Santo. - Jo 14,15-21

“Se me amais, observareis os meus mandamentos. E eu pedirei ao Pai, e ele vos dará um outro Defensor, que ficará para sempre convosco: o Espírito da Verdade, que o mundo não é capaz de receber, porque não o vê, nem o conhece. Vós o conheceis, porque ele permanece junto de vós e está em vós. Não vos deixarei órfãos: eu voltarei a vós. Ainda um pouco de tempo e o mundo não mais me verá; mas vós me vereis, porque eu vivo, e vós vivereis. Naquele dia sabereis que eu estou no meu Pai, e vós em mim, e eu em vós. Quem acolhe e observa os meus mandamentos, esse me ama. Ora, quem me ama será amado por meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele.”


FONTE: PORTAL PAULINAS ONLINE
https://www.paulinas.org.br/diafeliz/?system=evangelho

sábado, 24 de maio de 2014

CLARICE LISPECTOR


" 20 obras da escritora Clarice Lispector, como A Hora da Estrela, A Legião Estrangeira, A Maça no Escuro estão para download gratuito. Clarice Lispector (1920-1977) foi escritora e jornalista brasileira, de origem judia, reconhecida como uma das mais importantes escritoras do século XX. A ‪#‎tecnologia‬ permite o acesso e compartilhamento de conhecimento, então confira: http://bit.ly/1jQMfKh