SOU DO CEARÁ


"Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece e procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrer
Não nego meu sangue, não nego meu nome
Olho para a fome , pergunto o que há ?
Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
Sou cabra da Peste, sou do Ceará."

Patativa do Assaré

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

ELEIÇÕES NO SINDICATO APEOC

PROFESSORA PENHA ALENCAR


" Eleições no sindicato APEOC elegerão nova diretoria 31 Janeiro 2011 "




" No próximo dia 08 de fevereiro, os profissionais da educação, na rede pública de ensino, professores e servidores, filiados ao Sindicato – APEOC estarão participando de eleições livres e democráticas para escolha da nova diretoria que irá comandar os destinos da maior entidade sindical do Norte/Nordeste e com um quadro social superior a 30 mil filiados. O mandato da atual diretoria, presidida pela professora Penha Alencar, se finda em 28 de fevereiro e com a imediata posse da nova diretoria eleita em 08 de fevereiro de 2011.

A atual presidenta do Sindicato APEOC, professora Penha Alencar, comanda pessoalmente o processo de sucessão depois de quatro sucessivos mandatos e considerados pela maioria absoluta do quadro social e dos diretores de períodos áureos na instituição e com transparente administração simbolizada pelo slogan: “Unidade e Democracia na Educação”.

A presidente Penha Alencar afirma hoje que deixa a presidência do Sindicato APEOC com missão de dever cumprido e que sempre esteve solidaria aos seus companheiros de magistério em todos os momentos que necessitavam de uma palavra amiga ou de apoio solidário em manifestações públicas e em audiências com diretores e secretários de governo ou com o próprio governador do Estado. Em todas estas ocasiões a direção do Sindicato APEOC, sob sua presidência adotou sempre o diálogo de negociações democráticas sem renúncia de conquistas nem de objetivos que, imaginavelmente, resultassem em prejuízos à valorização dos profissionais da Educação Básica. Em nenhum momento esta administração tergiversou aos princípios de servir aos trabalhadores da educação.

PROFESSORA PENHA ALENCAR E PROF. ANÍZIO  MELO
EM AUDIÊNCIA NA SEDUC
DIA 28 DE JANEIRO DE 2011
FOTOS: DIVULGAÇÃO -  APEOC
Com a unanimidade dos pensamentos pragmáticos da diretoria, o Sindicato – APEOC conquistou o pódio de instituição sindical com a melhor classificação na prestação de múltiplos serviços nas áreas de saúde, com assistência odontológica, fonoaudióloga e tantas especialidades específicas ao bem estar do potencial humano, além de planos de saúde com empresas conveniadas.

O Sindicato – APEOC conseguiu montar uma das melhores assessorias jurídicas entre entidades sindicais do Ceará, com prestação de serviço gratuito ao seu quadro social e promovendo hoje mais de dez mil processos em tramitação no Poder Judiciário do Estado. Todos em defesa do associado.

Nessa primeira década do Século XXI, o Sindicato – APEOC conquistou a regulamentação da progressão horizontal devida desde 1993, e, conseguiu implantar este benefício em 2006 para 100% dos professores aptos e efetivos. Infelizmente, o governo do Estado violou compromisso e ainda não implantou os anos de 2009 e 2010. Porém a diretoria do Sindicato – APEOC não desistiu nem desistirá da luta até que sejam implantadas as progressões horizontais devidas aos professores da rede estadual de ensino.

Nessa década de 2000, a presidente, professora Penha Alencar, com apoio da diretoria, tornou realidade: - ampliação da Sede do Sindicato – APEOC (alojamento climatizado, auditório com 400 lugares); - ampliação definitiva da carga-horária; - incorporação definitiva dos aditivos; - realização de concurso público no Estado e prefeituras municipais; - convocação dos concursados (professores, técnicos, orientadores e supervisores) e compromisso permanente de lula pela nomeação de todos os classificados; - elevação do teto do vale-refeição do Estado e do seu valor individual; - pagamento dos professores do Município de Fortaleza no primeiro dia útil do mês; - pagamento do curso de pós-graduação a nível especialização aos professores do Estado; - entrega dos diplomas do Magister; - liminar que proibiu o Governo do Estado de fazer desconto dos dias da greve na rede estadual de ensino; - liminar que suspendeu a contratação temporária no período eleitoral; - pagamento dos anuênios devidos aos professores do Município de Fortaleza; - antecipação da data-base de pagamento dos salários de servidores da educação, de julho para janeiro; - reajuste linear acima da inflação, conquistado em 2011; - fim do desconto indevido da Previdência do Estado, após 90 dias de afastamento para aposentadoria; implantação de Planos de Carreiras em diversos municípios cearenses; - compromisso obstinado e reafirmado em defesa da readequação do PCC dos professores estaduais à Lei do Piso, infelizmente ainda sem total eficácia na sua plenitude ou conforme projeto aprovado e sancionado; e, - reajuste diferenciado em 2010 sem renúncia de luta até que se torne em caráter definitivo a recuperação de todas as perdas salariais acumuladas desde 1996.

Como instituição sindical fundada em 02 de fevereiro de 1962, o Sindicato APEOC não é propriedade de sua atual nem futura diretoria, mas patrimônio exclusivo do seu quadro social, de professores e servidores da educação, potencial humano ad eterno em defesa do ensino com qualidade e da valorização dos seus profissionais para séculos e séculos."



Editorial do Sindicato – APEOC.


FONTE:   http://www.apeoc.org.br/



" SINDICATO APEOC TERÁ NOVO PRESIDENTE "
 
 

" O Sindicato – APEOC terá nova diretoria a partir do próximo dia 28 de fevereiro, e, eleições dia 8, quando, aproximadamente trinta mil eleitores, professores e servidores da rede pública de ensino, do Estado e dos Municípios cearenses, irão eleger os dirigentes da instituição, para o quadriênio 2011-2015. O professor Anízio Melo, atual diretor financeiro do Sindicato – APEOC é candidato único, tendo em vista que, nenhum outro candidato solicitou registro de chapa, no período de 8 a 22 de janeiro, conforme Edital publicado na imprensa e afixado em locais públicos previstos pelo Estatuto da entidade.

O candidato Anízio Melo concorre com a chapa “Unidade pela Valorização da Educação”, e, tendo como vice o professor Reginaldo Pinheiro. Os demais diretores executivos que integram a futura diretoria que sucederá a atual administração presidida pela professora Penha Alencar são: Secretário Geral: Joaquim Juscelino Linhares Cunha; Secretário para Assuntos Educacionais: Francisco José Albano de Melo; Secretário Para Assuntos Culturais: André Luis Araújo Sabino; Secretário para Assuntos Formação Sindical: Nagibe Nunes de Melo; Secretário para Assuntos Desportivos: Rita Jane Pinheiro Pacheco; Secretário Para Assuntos Femininos: Terezinha de Jesus dos Santo; Secretário para Assuntos Imprensa e Divulgação: José Leorne Nogueira; Secretário para Assuntos Inter-Sindicais: José Fábio Chaves Lopes; Tesoureiro: Maria da Penha Matos Alencar; Secretário para Assuntos Jurídicos: Sérgio Bezerra e Silva Neto.


PROFESSOR ANÍZIO MELO


O professor Anízio Melo é uma das lideranças jovens no sindicalismo cearense e com forte atuação nas lutas sociais em defesa dos profissionais da educação. Militando ainda como dirigente na CUT regional e nacional, CNTE e em fóruns internacionais representando os trabalhadores brasileiros. Portanto, uma liderança promissora na presidência do Sindicato – APEOC, substituindo outra líder sindical, professora Penha Alencar, responsável pela implantação de um novo sistema de sindicalismo moderno no Sindicato – APEOC."

 
FONTE: SIDICATO APEOC
http://www.apeoc.org.br/

domingo, 30 de janeiro de 2011

HAIKAI: VOCÊ CONHECE ???




" esta vida é uma viagem
pena eu estar
só de passagem "


Paulo Leminski


" primeiro frio do ano
fui feliz
se não me engano "

Paulo Leminski


CONHEÇA MAIS UM POUCO SOBRE HAICAI
 
 
" Mais sobre o Haicai..."



" Haicai (Haiku ou Haikai) é um forma poética de origem japonesa, que valoriza a concisão e a objetividade.
O principal haicaísta foi Matsuô Bashô (1644-1694), que se dedicou a fazer desse tipo de poesia uma prática espiritual.


Haicai no Brasil


O primeiro autor a popularizar o haicai no Brasil foi Guilherme de Almeida, que não só o dotou de estrutura métrica rígida, mas ainda de rimas e título. No esquema proposto por Almeida, o primeiro verso rima com o terceiro e o segundo verso possui uma rima interna (a 2ª sílaba rima com a 7ª sílaba). A forma do haicai de Guilherme de Almeida ainda tem muitos praticantes no Brasil.

Uma outra corrente do haicai brasileiro é a tradicionalista. Promovida inicialmente por imigrantes ou descendentes de imigrantes japoneses, como H. Masuda Goga e Teruko Oda, essa corrente define haicai como um poema de três versos, escrito em linguagem simples, sem rima, escrito em três versos que somam dezessete sílabas poéticas (cinco sílabas no primeiro verso, sete no segundo e cinco no terceiro). Além disso, o haicai tradicional deve conter sempre uma referência à estação do ano, expressa por uma palavra (o chamado kigo = palavra de estação).

Uma terceira forma de praticar o haicai no Brasil é a que não julga necessária a métrica nem o uso sistemático de uma referência à estação do ano em que o poema foi composto. Aqui, os principais nomes são Paulo Leminski, Millôr Fernandes e Alice Ruiz."

 
 
FONTE:  BlogMede
http://eejma.blogspot.com/2008/10/haicai.html
 
----------------------------------------------------------
 
 



" Menino chorando
As lágrimas no chão
Vai contando "


MILLÔR FERNANDES





 
FONTE: http://japas.wordpress.com/2008/02/18/millor-fernandes-e-haicai-parte-2/

POESIA: CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

" Carlos Drummond de Andrade: O Mais Completo Poeta Brasileiro Moderno! "



" Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), poeta mineiro, nascido em Itabira, é apontado como o maior poeta brasileiro do século XX. Além de poesia escreveu contos, crônicas e uma novela. Sua obra traduz a visão de um individualista comprometido com a realidade social. É um dos poetas brasileiros que conquistou admiração irrestrita, tanto pela obra quanto pela retidão de seu comportamento. "



POEMAS DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE


ASPIRAÇÃO


Tão imperfeitas, nossas maneiras
de amar.
Quando alcançaremos
o limite, o ápice
de perfeição,
que é nunca mais morrer,
nunca mais viver
duas vidas em uma,
e só o amor governe
todo além, todo fora de nós mesmos?
O absoluto amor,
revel à condição de carne e alma.


CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE


------------------------------------------------


PARA SEMPRE


Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.


Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.


CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE



FONTE:  VINHO E POESIA
http://www.vinhoepoesia.com.br/default.asp?CodMenu=12&CodSubmenu=307

" NOVA " CPMF NÃO !!!!



falAÇÃO:

EM PESQUISA FEITA
PELO PORTAL G 1 DA GLOBO,
DEPUTADOS REJEITARAM
A CRIAÇÃO DA " NOVA "
CPMF.


FONTE: PORTAL G 1  GLOBO

" NOVA " CPMF NÃO !!!!





" Nova " CPMF para financiar saúde: 142 deputados a favor, 239 contra


Levantamento do G1 ouviu parlamentares sobre 13 temas polêmicos.

Dos 513 políticos que farão parte da nova Câmara, 414 responderam."



Do G1, em Brasília, São Paulo, Rio e Belo Horizonte



" A maior parte dos deputados da próxima legislatura ouvidos em levantamento do G1 é contrária à criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS), fonte de arrecadação semelhante à extinta CPMF.

A pergunta:  "É a favor da criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS) para financiamento da saúde?"

239 deputados responderam "não",
142, "sim"
e outros 33 não souberam responder.

Os 239 que disseram "não" correspondem a 57,7% dos 414 deputados que responderam ao questionário e a 46,5% do total de deputados da Câmara (513).

O levantamento do G1 ouviu opiniões a respeito de 13 temas polêmicos. Os resultados serão divulgados ao longo deste sábado (29). A reportagem conseguiu contato com 446 dos 513 futuros deputados. Desses 446, 414 responderam ao questionário e 32 não quiseram responder. Outros 67, mesmo procurados por telefone ou por intermédio das assessorias durante semanas consecutivas, não deram resposta – positiva ou negativa – às solicitações (leia mais sobre a metodologia ao final do texto).


temas

Fim da assinatura básica de telefonePlebiscito sobre maioridade penalDescriminalização da maconhaFim do fator previdenciárioPunir pais que batem nos filhosLiberação de bingos e caça-níqueisRedistribuição de royalties do pré-salDinheiro público para campanhaDescriminalização do abortoJornada de 40 horas semanaisPiso salarial nacional para policiaisVoto em lista fechadaA proposta de criação da CSS foi incluída, por meio de substitutivo, no projeto de lei 306/2008, de autoria do ex-senador Tião Viana (PT-AC). Originalmente, o projeto tratava dos valores mínimos que estados, municípios, Distrito Federal e União devem destinar à saúde, bem como da distribuição de recursos e das formas das verbas destinadas ao setor.

A votação no Senado que determinou o fim da CPMF, em dezembro de 2007, foi a maior derrota do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Congresso. A CPMF era conhecida como "imposto do cheque" e representava uma arrecadação de R$ 40 bilhões por ano para o governo.

O tema deve voltar à discussão com força na nova legislatura. Em sua primeira entrevista como presidente, Dilma Rousseff afirmou que o assunto será tratado com os governadores, parte interessada na criação da CSS, já que os estados ficam com uma parcela da arrecadação.

“Eu tenho muita preocupação com a criação de impostos. Preferia outros mecanismos, mas tenho visto uma pressão dos governadores, não posso fingir que não existe. [...] Não pretendo reenviar ao Congresso a recomposição da CPMF, mas isso será objeto de negociação com os governadores”, disse a presidente no início de janeiro.


saiba mais


De 414 deputados ouvidos pelo G1, 74,6% se declaram católicosFlamengo é o time com a maior torcida entre os futuros deputados

Durante a campanha, Dilma também já havia abordado o tema, com críticas à oposição, por ter tirado, “de um dia para o outro”, R$ 40 bilhões da saúde. Segundo ela, o fim da CPMF colocou os brasileiros “em uma verdadeira arapuca”.


Levantamento

O levantamento do G1 teve início no dia 29 de novembro e terminou no dia 27 de janeiro. Envolveu uma equipe de 27 jornalistas de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A reportagem procurou todos os 513 deputados que assumirão mandatos na Câmara.

Nos casos dos deputados que assumiram cargos no governo federal, em estados ou municípios (ministros ou secretários), o G1 procurou o primeiro suplente das coligações para responder ao questionário.

Embora decisão de dezembro do Supremo Tribunal Federal diga que o suplente a ser empossado é o do partido (em razão de entendimento de que o mandato parlamentar pertence ao partido), o G1 procurou os suplentes das coligações. Isso porque essa decisão do Supremo vale para um caso específico e não se aplica automaticamente a situações semelhantes. De acordo com o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), tomarão posse em 1º de fevereiro os suplentes das coligações.

A maioria dos parlamentares respondeu às perguntas por telefone, mas uma parte preferiu receber o questionário por e-mail para devolvê-lo impresso. Em todos os casos, os deputados foram informados de que não teriam suas respostas individualizadas."

 
 
FONTE: PORTAL G 1  GLOBO
http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/01/nova-cpmf-para-financiar-saude-142-deputados-favor-239-contra.html

CONHEÇA O PROJETO " PROFESSOR DA FAMÍLIA " DESENVOLVIDO NA CIDADE DE CRUZ-CEARÁ

Regional


MELHORIAS

" Cruz realiza programa Professor da Família "
" Professora da família durante visita à residência de um dos alunos. Experiência visa aproximar família e escola para melhorar aprendizagem e diminuir a evasão escolar "
FOTO: DIVULGAÇÃO


" A exemplo do médico da família, o Município de Cruz executa o Programa Professor da Família para melhorar aprendizagem

Cruz Um programa inovador na educação do Estado, Professor da Família, vem dando assistência a crianças e adolescentes matriculados na rede pública de ensino deste Município. O programa foi implantado pela Secretaria da Educação e está sendo desenvolvido nas escolas da zonas rural e urbana, com atividades interativas, em consonância com as diretrizes estabelecidas no Plano de Metas "Compromisso pela Educação".

Os eixos temáticos abordados no projeto versam sobre aprendizagem, esporte-lazer e cultura, todos com objetivos afins: mobilizar escola, família e comunidade, e consequentemente melhorar a qualidade social da educação. "A Secretaria identifica o aluno com dificuldade no aprendizado escolar, que é repassado ao Professor da Família. A partir daí, esse aluno no contra-turno passa a receber orientação e visita do profissional, que passa a envolver a família e a comunidade num programa de articulação escola e família", destaca a técnica da Secretaria da Educação, Maria Gardênia Araújo Vander-Meulen.

Além de tentar diminuir o abandono escolar e minimizar a infrequência dos alunos, o Programa Professor da Família tem objetivos de promover e ampliar a integração entre escola, família e comunidade; orientar as famílias sobre a prevenção à violência doméstica; ampliar a oportunidade de acesso e espaços da promoção social, entre outros. "No ano passado, o programa atingiu alunos de 19 unidades escolares das 24 existentes no Município. Todos cursando o segundo ano do Ensino Fundamental 1. Este ano a promessa é para todas as escolas que têm alunos da rede pública municipal", garante Gardênia.

A técnica lembra que a família é o primeiro núcleo social no qual a criança participa. "É na sua própria casa, no convívio com seus familiares que ela começa a estabelecer um vínculo de consciência, aprendendo as regras básicas de respeito, colaboração, direitos e deveres", esclarece Gardênia Araújo.

Para a Secretaria da Educação, o Professor da Família tem um papel fundamental para a aprendizagem. A família também tem a sua parcela de colaboração, principalmente no que se refere ao acompanhamento que ela faz durante a vida escolar da criança, ao participar das atividades que a escola organiza, ao ajudar nas tarefas de casa, se interessar pelo que a criança faz na escola ou ao questionar como foi o seu dia.

Os professores inseridos no programa também têm um acompanhamento mensal de suas atividades. Por meio de relatórios apresentados e de visitas técnicas feitas pela Secretaria, e do acompanhamento da direção de cada escola, o Município tem uma avaliação do desempenho de cada profissional da área. "Com reuniões e terapias comunitárias, a gente consegue um diagnóstico do planejamento de cada Professor da Família", afirmou.

Dificuldade

Os alunos assistidos pelo programa são aqueles que estão com dificuldade no aprendizado, que estão faltosos. Detectado o problema o nome do aluno é repassado para os professores que passam a visitar o aluno no convívio familiar, diariamente. Além de facilitar o diálogo entre escola e família, eles desenvolvem práticas de leitura, esportivas e culturais. Uma pesquisa realizada pela Fundação Itaú Social, de 2008, diz que o contexto familiar é responsável por 70% do desempenho escolar de um estudante, restando à escola interferir, positivo ou negativamente, nos 30% restantes.

O programa é dividido por etapas. No primeiro momento é feito um cadastro das famílias. Em seguida o Professor da Família e o núcleo de articulação elaboram o acompanhamento dessas famílias com visitas domiciliares. Entre os meses de março e dezembro, o programa realiza o que eles chamam de reforço em casa, onde acontece acompanhamento específico aos alunos com dificuldades a progredirem nos estudos. Paralelo ao reforço escolar é desenvolvido outras atividades, como o incentivo a leitura, onde o professor deixa um livro na casa do aluno por um período de uma semana.

Por meio da Coordenação de Esporte Educacional e dos professores de Educação Física Escolar e do Núcleo de Articulação, são desenvolvidas as atividades de esportes e lazer, com destaque os jogos recreativos no mês de maio com a participação de pais e alunos. O Cine Família é a atividade cultural, inserida no programa."


MAIS INFORMAÇÕES

Secretaria da Educação

Praça dos Três Poderes, s/n - Aningas - Cruz (CE) / Telefone: (88) 3660.1260 secretariaeducação@cruz.ce.gov.br




Wilson Gomes
Colaborador


FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=925579

PROTESTO: POLICIAIS CIVIS E MILITARES LUTAM PELA APROVAÇÃO DA PEC-300

FOTO: KIKO SILVA  -  DIÁRIO DO NORDESTE
" A manifestação reuniu representantes da categoria de vários Estados.
A Avenida Beira-Mar ficou lotada de policiais "




MELHORES SALÁRIOS



" Policiais  " invadem " Beira-Mar "

" Caminhada em prol da aprovação da PEC-300 mobilizou centenas de policiais civis e militares e bombeiros em Fortaleza

Cerca de quatro mil pessoas, entre policiais civis e militares e bombeiros militares, da ativa e da reserva, familiares dos praças e oficiais, políticos e representantes sindicais participaram, na manhã de ontem, da segunda manifestação em Fortaleza pela aprovação do Projeto de Emenda Constitucional de número 300 (a PEC 300), que propõe melhoria salarial para a categoria em todo o País.

Fortaleza foi escolhida para sediar a primeira manifestação pró-PEC 300 em 2011 por ser uma das capitais nordestinas que sediarão a Copa do Mundo de Futebol, em 2014. Outras cidades onde ocorrerá o evento farão atos semelhantes nas próximas semanas.


Nivelar

A PEC 300 já foi aprovada em primeira votação na Câmara dos Deputados, no ano passado. Mas, antes de ir para o Senado passará por nova apreciação dos deputados federais.

Na sua essência, a emenda constitucional prevê como principal objetivo nivelar os salários (soldos) de todos os policiais civis e militares e bombeiros militares brasileiros, criando, assim um piso nacional para os trabalhadores do setor da Segurança Pública.

A manifestação de ontem teve início por volta de 9 horas, quando os participantes concentraram-se no Aterro da Praia de Iracema e saíram em caminhada pela Avenida Beira-Mar, puxados por dois trios elétricos. Portando faixas, cartazes e vestindo coletes amarelos, os policiais receberam o apoio de quem estava no calçadão. Representantes das associações que congregam as categorias avaliaram o ato público como positivo, dado o número expressivo de participantes. Policiais militares que estavam de serviço naquele setor da Capital mantiveram-se à distância, mas foram saudados pelos colegas que participavam do ato.

Copa

Entre os convidados para a caminhada estava Antônio Moraes, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol). Entusiasmado com o nível de participação na manifestação, ele afirmou que outras capitais nordestinas onde ocorrerão eventos da Copa já estão se organizando. Moraes lembrou que a escolha de Fortaleza para sediar o primeiro ato de apoiamento à PEC-300 foi uma decisão tomada durante o X Congresso Nacional da Confederação Nacional de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) e da segunda reunião do Conselho Nacional das Entidades, realizada em novembro do ano passado, em Brasília. Representantes da categoria de policiais civis e militares de outros Estados brasileiros, como São Paulo e Pernambuco, também engrossaram a manifestação.

Os deputados federais Eudes Xavier e Raimundo Gomes de Matos, além do deputado estadual Delegado Cavalcante, e o vereador Leozinho, subiram nos trios elétricos para proferir rápidos discursos em favor das categorias. A presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpoci), Inês Romero Lima, ressaltou a união das classes policiais para que a campanha seja vitoriosa. "Precisamos unir nossas forças e obter o apoio da sociedade", afirmou o subtenente Pedro Queiroz, presidente da Associação dos Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (Aspramece).

Aprovada

No passado, a Câmara dos Deputados garantiu a PEC 300 em primeira votação. A matéria foi homologada por 393 votos, com duas abstenções. Na segunda votação, para este ano, os parlamentares poderão retirar (destacar) parte da proposição a ser votada para, em seguida, a matéria ir à nova apreciação.

De acordo com a emenda, uma lei federal definirá o piso salarial dos policiais civis e militares e dos bombeiros dos Estados, que passarão a receber na forma de subsídio. A mesma lei criará um fundo para ajudar os Estados a cumprir o novo piso, disciplinando o funcionamento do fundo e os recursos a ele destinados.

A lei também definirá o prazo de duração desse fundo. A partir da promulgação da futura emenda constitucional, o Executivo terá 180 dias para enviar o projeto dessa lei ao Congresso.


Parar

Durante a caminhada, alguns policiais civis e militares não descartaram a possibilidade de paralisações. Porém, a disposição geral da categoria é apostar no apoio da sociedade e dos parlamentares para que a emenda seja aprovada.


Participação


4 mil pessoas participaram da caminhada em prol de melhoria salarial para policiais civis, PMs e bombeiros. A concentração teve início no Aterro da Praia de Iracema e seguiu pela Beira-Mar;

14 estados brasileiros deverão realizar atos de apoio ao movimento dos policiais e bombeiros. As cidades escolhidas para os atos são as que sediarão a Copa do Mundo de 2014."



FERNANDO RIBEIRO
EDITOR DE POLÍCIA


FONTE:  DIÁRIO DO NORDESTE
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=925064

EVANGELHO DE DOMINGO DIA 30 DE JANEIRO DE 2011





Evangelho segundo S. Mateus 5,1-12.



" Ao ver a multidão, Jesus subiu a um monte. Depois de se ter sentado, os discípulos aproximaram-se dele.

Então tomou a palavra e começou a ensiná-los, dizendo:

" Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu.

Felizes os que choram, porque serão consolados.

Felizes os mansos, porque possuirão a terra.

Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.

Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.

Felizes os puros de coração, porque verão a Deus.

Felizes os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.

Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu.

Felizes sereis, quando vos insultarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o género de calúnias contra vós, por minha causa.

Exultai e alegrai-vos, porque grande será a vossa recompensa no Céu; pois também assim perseguiram os profetas que vos precederam."


Da Bíblia Sagrada



FONTE: EVANGELHO QUOTIDIANO
http://www.evangelhoquotidiano.org/main.php?language=PT

sábado, 29 de janeiro de 2011

..." EU ACUSO TANTOS OUTROS QUE ESTÃO POR TRÁS DO CABO DA FACA "...


REPASSANDO:


Amigos,


" A tolerância em excesso só pode dar em asneira… Hoje os miúdos e muitos graúdos só evocam Direitos, enquanto fogem dos Deveres como o diabo da cruz… Direitos sem Deveres é uma utopia perversa que conduz o homem a um estado de absoluta amoralidade. As regras sociais e o respeito pelo outro são fundamentais para manter a coesão familiar e a sociedade em geral. Se certas cabeças pensantes acham que não, então esperem pela pancada… O testemunho abaixo é revelador.

Abraços."
Artur


Prezado(a). Cada ser é professor(a) e deve ler o artigo abaixo. Abraço.

EU ACUSO. Igor Pantuzza Wildmann.

Meu dever é falar, não quero ser cúmplice. (…)
(Émile Zola)

" Foi uma tragédia fartamente anunciada. Em milhares de casos, desrespeito. Em outros tantos, escárnio. Em Belo Horizonte, um estudante processa a escola e o professor que lhe deu notas baixas, alegando que teve danos morais ao ter que virar noites estudando para a prova subsequente. (Notem bem: o alegado dano moral do estudante foi ter que… estudar!). A coisa não fica apenas por aí. Pelo Brasil afora, ameaças constantes. Ainda neste ano, uma professora brutalmente espancada por um aluno. O ápice desta escalada macabra não poderia ser outro.
O professor Kássio Vinícius Castro Gome pagou com sua vida, com seu futuro, com o futuro de sua esposa e filhas, com as lágrimas eternas de sua mãe, pela irresponsabilidade que há muito vem tomando conta dos ambientes escolares. Há uma lógica perversa por trás dessa asquerosa escalada. A promoção do desrespeito aos valores, ao bom senso, às regras de bem viver e à autoridade foi elevada a método de ensino e imperativo de convivência supostamente democrática.

No início, foi o maio de 68, em Paris: gritava-se nas ruas que era proibido proibir. Depois, a geração do não bate, que traumatiza. A coisa continuou: Não reprove, que atrapalha. Não dê provas difíceis, pois temos que respeitar o perfil dos nossos alunos. Aliás, prova não prova nada. Deixe o aluno construir seu conhecimento. Não vamos avaliar o aluno. Pensando bem, é o aluno que vai avaliar o professor. Afinal de contas, ele está pagando…. E como a estupidez humana não tem limite, a avacalhação geral epidêmica, travestida de novo paradigma (Irc!), prosseguiu a todo vapor, em vários setores: o bandido é vítima da sociedade, temos que mudar tudo isso que está aí; mais importante que ter conhecimento é ser crítico. Claro que a intelectualidade rasa de pedagogos de panfleto e burocratas carreiristas ganhou um imenso impulso com a mercantilização desabrida do ensino: agora, o discurso anti-disciplina é anabolizado pela lógica doentia e desonesta da paparicação ao alunocliente… Estamos criando gerações em que uma parcela considerável de nossos cidadãos é composta de adultos mimados, despreparados para os problemas, decepções e desafios da vida, incapazes de lidar com conflitos e, pior, dotados de uma delirante certeza de que o mundo lhes deve algo.. Um desses jovens, revoltado com suas notas baixas, cravou uma faca com dezoito centímetros de lâmina, bem no coração de um professor.

Tirou-lhe tudo o que tinha e tudo o que poderia vir a ter, sentir, amar.Ao assassino, corretamente , deverão ser concedidos todos os direitos que a lei prevê: o direito ao tratamento humano, o direito à ampla defesa, o direito de não ser condenado em pena maior do que a prevista em lei. Tudo isso, e muito mais, fará parte do devido processo legal, que se iniciará com a denúncia, a ser apresentada pelo Ministério Público. A acusação penal ao autor do homicídio covarde virá do promotor de justiça. Mas, com a licença devida ao célebre texto de Emile Zola, EU ACUSO tantos outros que estão por trás do cabo da faca:
 
*EU ACUSO* a pedagogia ideologizada, que pretende relativizar tudo e todos, equiparando certo ao errado e vice-versa;
 
*EU ACUSO* os pseudo-intelectuais de panfleto, que romantizam a revolta dos oprimidos e justificam a violência por parte daqueles que se sentem vítimas;
 
*EU ACUSO* os burocratas da educação e suas cartilhas do politicamente correto, que impedem a escola de constar faltas graves no histórico escolar, mesmo de alunos criminosos, deixando-os livres para tumultuar e cometer crimes em outras escolas;
 
*EU ACUSO* a hipocrisia de exigir professores com mestrado e doutorado, muitos dos quais, no dia a dia, serão pressionados a dar provas bem tranqüilas, provas de mentirinha, para adequar a avaliação ao perfil dos alunos;
 
*EU ACUSO* os últimos tantos Ministros da Educação, que em nome de estatísticas hipócritas e interesses privados, permitiram a proliferação de cursos superiores completamente sem condições, freqüentados por alunos igualmente sem condições de ali estar;
 
*EU ACUSO* a mercantilização cretina do ensino, a venda de diplomas e títulos sem o mínimo de interesse e de responsabilidade com o conteúdo e formação dos alunos, bem como de suas futuras missões na sociedade;
 
*EU ACUSO* a lógica doentia e hipócrita do aluno-cliente, cada vez menos exigido e cada vez mais paparicado e enganado, o qual finge que não sabe que, para a escola que lhe paparica, seu boleto hoje vale muito mais do que seu sucesso e sua felicidade amanhã;
 
*EU ACUSO* a hipocrisia das escolas que jamais reprovam seus alunos, as quais formam analfabetos funcionais só para maquiar estatísticas do IDH e dizer ao mundo que o número de alunos com segundo grau completo cresceu tantos por cento;
 
*EU ACUSO* os que aplaudem tais escolas e ainda trabalham pela massificação do ensino superior, sem entender que o aluno que ali chega deve ter o mínimo de preparo civilizacional, intelectual e moral, pois estamos chegando ao tempo no qual o aluno terá direito de se tornar médico ou advogado sem sequer saber escrever, tudo para o desespero de seus futuros clientes-cobaia;
 
*EU ACUSO* os que agora falam em promover um novo paradigma, uma nova cultura de paz, pois o que se deve promover é a boa e VELHA cultura da vergonha na cara, do respeito às normas, à autoridade e do respeito ao ambiente universitário como um ambiente de busca do conhecimento;
 
*EU ACUSO* os cabeçasboas que acham e ensinam que disciplina é careta, que respeito às normas é coisa de velho decrépito;
 
*EU ACUSO* os métodos de avaliação de professores, que se tornaram templos de vendilhões, nos quais votos são comprados e vendidos em troca de piadinhas, sorrisos e notas fáceis;
 
*EU ACUSO* os alunos que protestam contra a impunidade dos políticos, mas gabam-se de colar nas provas, assim como ACUSO os professores que, vendo tais alunos colarem, não têm coragem de aplicar a devida punição.
 
*EU VEEMENTEMENTE ACUSO* os diretores e coordenadores que impedem os professores de punir os alunos que colam, ou pretendem que os professores sejam promoters de seus cursos;
 
*EU ACUSO* os diretores e coordenadores que toleram condutas desrespeitosas de alunos contra professores e funcionários, pois sua omissão quanto aos pequenos incidentes é diretamente responsável pela ocorrência dos incidentes maiores;Uma multidão de filhos tiranos que se tornam alunos-clientes, serão despejados na vida como adultos eternamente infantilizados e totalmente despreparados, tanto tecnicamente para o exercício da profissão, quanto pessoalmente para os conflitos, desafios e decepções do dia a dia. Ensimesmados em seus delírios de perseguição ou de grandeza, estes jovens mostram cada vez menos preparo na delicada e essencial arte que é lidar com aquele ser complexo e imprevisível que podemos chamar de o outro.
A infantilização eterna cria a seguinte e horrenda lógica, hoje na cabeça de muitas crianças em corpo de adulto: Se eu tiro nota baixa, a culpa é do professor. Se não tenho dinheiro, a culpa é do patrão. Se me drogo, a culpa é dos meus pais. Se furto, roubo, mato, a culpa é do sistema. Eu, sou apenas uma vítima. Uma eterna vítima. O opressor é você, que trabalha, paga suas contas em dia e vive sua vida. Minhas coisas não saíram como eu queria. Estou com muita raiva. Quando eu era criança, eu batia os pés no chão. Mas agora, fisicamente, eu cresci. Portanto, você pode ser o próximo. Qualquer um de nós pode ser o próximo, por qualquer motivo. Em qualquer lugar, dentro ou fora das escolas. A facada ignóbil no professor Kássio dói no peito de todos nós. Que a sua morte não seja em vão. É hora de repensarmos a educação brasileira e abrirmos mão dos modismos e invencionices. A melhor nova cultura de paz que podemos adotar nas escolas e universidades é fazermos as pazes com os bons e velhos conceitos de seriedade, responsabilidade, disciplina e estudo de verdade."
 
 
*Igor Pantuzza Wildmann
**Advogado Doutor em Direito. Professor universitário
 
 
TEXTO ENVIADO POR:  Dr. Dagoberto de Oliveira Martins
 drdagoberto1@yahoo.com.br

NOTÍCIAS DE INTERESSE DOS PROFESSORES DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO CEARÁ

NOTÍCIAS DA APEOC


" Pagamento do auxílio alimentação e convocação de Concursados – Estado 21 Janeiro 2011 "


" O Sindicato-APEOC através dos Diretores Reginaldo Pinheiro, Lilá Costa e dos representantes de base professor Manoel Justiniano e Ana Patrícia estiveram reunidos com a Coordenadora de Gestão de Pessoas da Secretaria da Educação, Professora Marta Emília para tratar do pagamento do auxílio alimentação e convocação dos professores aprovados no concurso público de 2009.

Com a elevação do teto remuneratório do benefício alimentação, 7.000 novos trabalhadores em educação passarão a receber o benefício. Somados aos 4.000 professores que já recebem tal benefício atualmente, ao todo passam a perceber o auxílio alimentação aproximadamente 11.000 (onze mil) profissionais da Educação.

Para receber o benefício é necessário estar lotado e ter freqüência regular, ou seja, estar exercendo atividades na escola, CREDE/SEFOR ou SEDUC.

A implantação do benefício é automática para os que estão dentro do critério legal.

Sobre o pagamento desse benefício, foi dito que as informações já foram incluídas na próxima folha de pagamento, o que significa que no próximo dia 01 de fevereiro será creditado o valor R$ 200,00 tendo em vista que o mês de fevereiro tem 20 dias úteis.

O pagamento do benefício referente ao mês de janeiro e março será feito no dia 01 de março.

O Sindicato reconhece e parabeniza aos profissionais da COGEP pela rapidez e eficiência na implantação do benefício na folha de pagamento.

O Sindicato renovou a reivindicação de convocação dos professores concursados. Foi dito que a SEDUC aguarda o término do período de remoção para identificação das carências por escola; porém, o Sindicato APEOC sugeriu que, para se ganhar tempo para que os professores assumam seus cargos no início do ano letivo, fosse feita convocação para realização de exames e preparação de documento referente à nomeação, visto que a definição de carga horária e local de lotação é dada na posse.

A Coordenadora disse que iria avaliar o assunto com a equipe técnica e o Gabinete da SEDUC e comunicaria a decisão na próxima segunda-feira.

Também foi dito que professores efetivos em estágio probatório que estão trabalhando 200 horas e desejam desistir de 100 horas podem formalizar requerimento que será analisado e julgado pela SEDUC a partir de parecer solicitado à Procuradoria Geral do Estado-PGE. "



Sindicato APEOC

--------------------------------------------------------------------------------------------

FOTO: DIVULGAÇÃO - APEOC
" Sindicato APEOC cobra agilização da audiência com o governador Cid Gomes ao futuro presidente da assembléia deputado Roberto Cláudio "




" Nesta terça feira 18 de janeiro, diretores do Sindicato APEOC foram recebidos em audiência pelo líder do governo Cid Gomes e futuro Presidente da Assembléia Legislativa deputado Roberto Cláudio . O encontro foi solicitado pelo Sindicato APEOC com apoio do deputado Artur Bruno e da deputada Raquel Marques para agilização da data da audiência entre o Governador Cid Gomes e o Sindicato APEOC encaminhamentos dos compromissos assumidos pelo gover nador com as reivindicações do Sindicato APEOC ainda pendentes: progressão horizontal 2009 e 2010;  reajuste diferenciado 2010; computador do educador; nivelamento salarial dos rpofessores temporários com os professores efetivos em início de carreira.
O Deputado Roberto Cláudio após ouvir os questionamentos dos representantes sindicais se comprometeu em estabelecer contato direto com o che fe de gabinete do governador Ivo Gomes e garantir data do encontro com o chefe do executivo e a representação legal da categoria o Sindicato APEOC.

Estamos de olho e vamos continuar cobrando!

Venceremos! "

-------------------------------------------------------------------
 
FÉRIAS OU RECESSO ???
 
 
IMAGEM: APEOC
 
" Férias e recesso escolar dos profissionais do magistério – Rede Estadual "




" Neste período de início de ano e, portanto, de gozo de férias dos professores, muitas têm sido as consultas desses profissionais, ESPECIFICAMENTE DO INTERIOR DO ESTADO, sobre férias e recesso escolar dos professores.

Antes de tecermos considerações sobre a questão que pretendemos esclarecer, é importante destacar que a Constituição da República dispõe em seus princípios, enunciados no caput do artigo 37, que a Administração Pública está submetida aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.

A administração pública se assenta nessas bases.

Consoante o princípio da legalidade, primado da atuação do Estado, os gestores públicos só podem fazer aquilo que a lei lhes permite.

Nesse contexto, é importante iniciar transcrevendo o artigo 7º, inciso XVII, da Constituição Federal:

“Art. 7º - São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social

(...)

XVII – gozo de férias anuais remuneradas com, pelo menos, um terço a mais do que o salário normal.”

Ainda sobre o direito às férias, o artigo 39, § 3º, a Constituição Federal estende a todos os ocupantes de cargo público o disposto no art. 7º, dentre eles o direito a férias e adicional de 1/3. A Constituição do Estado no artigo 166, §2º também aplica aos servidores estaduais o disposto no artigo 7º, no que se refere às férias e outros direitos sociais.

Os servidores públicos estaduais têm esse direito assegurado no artigo 167, inciso VII da Constituição Estadual: “gozo de férias anuais remuneradas com, pelo menos, um terço a mais do salário normal”.

A Lei nº 9.826, de 14 de Maio de 1974, que dispõe sobre o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado em seu artigo 78 esclarece: “O funcionário gozará trinta dias consecutivos, ou não, de férias por ano, de acordo com a escala organizada pelo dirigente da Unidade Administrativa, na forma do regulamento.”

Como é sabido, o estatuto do servidor é a lei geral dos servidores públicos. De Plácido e Silva preleciona: “É princípio assente que as leis gerais não devem revogar ou derrogar preceito ou regra disposta e instituída em lei especial, desde que não façam referência a ela, ou ao seu enunciado, alterando-a explícita ou implicitamente” (Vocabulário Jurídico, 20ª. Edição, Editora Forense, 2002, pg. 483).

No caso dos professores, há lei específica: Estatuto do Magistério que abrange os professores e especialistas da educação.

Em reforço ao dito acima, o Estatuto do Servidor Público Estadual, no artigo 254, parágrafo único, reconhece que o professor, dentre outros profissionais, terá seu regime de trabalho definido em regulamento próprio. É o principio: Lei especial derroga a geral. Em outras palavras: prevalece a lei mais específica.

A Lei específica, todos sabem, é o Estatuto do Magistério Oficial do Estado, Lei 10.884/84, que afirma que as férias dos professores estão definidas na conformidade do art. 39, caput, com a redação que lhe foi dada pela lei nº 12066/93:

Art. 39 - O Profissional do Magistério de 1º e 2º Graus gozará 30 (trinta) dias de férias anuais após o 1º semestre letivo e 15 dias após o 2º período letivo."

§ 1º - O Professor e o Especialista que se ausentarem da sua Unidade Escolar, fora do período de férias, por imperiosa necessidade, deverão comunicar ao Diretor respectivo, para adoção das providências cabíveis.

§ 2º - O Profissional do magistério que exerce atividades nos diversos setores da Secretaria de Educação ou em outro órgão da administração Pública Estadual, gozará férias na forma que dispõe o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado, inclusive com direito à contagem em dobro, se deixar de usufruí-las.

§ 3º - No período de recesso escolar, após o 2º semestre letivo, o servidor ficará a disposição da unidade de trabalho onde atua, para treinamento e/ou para realização de trabalhos didáticos.

(...)

Observe que é de nitidez solar que as férias são de 45 dias. Recesso não se confunde com férias; portanto, o período de recesso escolar ao qual se refere o § 3º, é algo de natureza jurídica diferente das férias anuais.

Miguel Reale, no clássico Lições Preliminares de Direito, 25 Ed, Página 281, nos ensina que:

O primeiro dever do intérprete é analisar o dispositivo legal para captar o seu pleno valor expressional. A lei é uma declaração da vontade do legislador e, portanto, deve ser reproduzida com exatidão e fidelidade. Para isto, muitas vezes é necessário indagar do exato sentido de um vocábulo ou do valor das proposições do ponto de vista sintático.

Para essa perquirição filológica nos valeremos dos ensinamentos de De Plácido e Silva, que no seu dicionário denominado de Vocabulário Jurídico, (pág. 352) nos explica: “Férias anuais. Denominação que se dá no conceito das leis trabalhistas, ao período de folga de descanso anual que deve ser concedido ao empregado, após o exercício de atividades por um ano, ou seja, por um espaço de tempo de 12 meses.(...)”

Pois bem, no caso dos profissionais do magistério, após o período aquisitivo de 12 meses, o período de gozo é dividido em dois momentos, 30 dias após o primeiro semestre letivo e 15 dias após o segundo período letivo.

O mesmo autor na mesma obra citada define recesso (pagina 678), do latim, recessus, afastado, recatado, exprime a ideia de folga, repouso, consequentemente, interrupção, suspensão, paralisação e, no caso específico, não há dúvida de que o pré-falado § 3º se refere a recesso escolar, ou seja, suspensão das atividades escolares.

De modo algum o § 3º, excepciona o disposto no caput do artigo em tela, apenas menciona que, no período de recesso, o servidor ficará à disposição da unidade de trabalho onde atua, para treinamento e/ou para realização de trabalhos didáticos.

Diante do exposto, conclui-se: as férias dos professores do Estado são de 45 dias, como de resto é na maioria dos sistemas de ensino.

É cediço que no exercício de compreensão de um preceito é preciso considerar que nenhum dispositivo está separado dos demais. Há uma correlação com todo o artigo e a norma jurídica. A idéia é de sistema que se articula logicamente, é o que se denomina de interpretação lógico-sistemática.

Tudo isso é para dizer que, no caso em tela, não haveria sentido algum o legislador fixar as férias dos profissionais do magistério em 45 dias, para logo depois, negar em parágrafo o disposto no caput.

Por fim, fica cada vez mais límpido, que o § 3º, do artigo 39 do Estatuto do Magistério, ao fazer referência que no período de recesso escolar, após o segundo semestre letivo, o servidor ficará à disposição da unidade de trabalho não está contrariando o caput do mesmo artigo que firma que o professor gozará de 15 dias de férias após o segundo semestre letivo, pois, como bem repisado acima, o instituto das férias é de natureza jurídica diversa de recesso escolar, é dizer, APÓS o gozo dos 15 dias do segundo período de férias, o servidor ficará à disposição da unidade de trabalho onde atua, para SOMENTE participar de treinamento e/ou para realização de trabalhos didáticos.
Destacamos o vocábulo “SOMENTE” para deixar bem claro que gozadas as férias, 30 (trinta) dias de férias anuais após o 1º semestre letivo e 15 (quinze) dias após o 2º período letivo, o servidor ficará durante o recesso escolar à disposição da unidade escolar para apenas participar de duas atividades: Treinamento e/ou realização de trabalhos didáticos, ou seja, trabalho relacionado à docência. De modo algum trabalhos técnicos administrativos, pois são trabalhos alheios às atribuições de profissional do magistério.

Como dito no início, é de notório e cristalino conhecimento jurídico que a Administração Pública é regida por princípios, dentre eles o da legalidade; portanto, é vedado ao gestor praticar ato contrário à Lei, desse modo, não poderá haver nenhuma orientação ou ordem que viole o direito aos 45 dias de férias dos profissionais do magistério."



Professor Reginaldo Pinheiro
Secretário para Assuntos Jurídicos do Sindicato-APEOC – OAB-CE 18.450



FONTE:  SINDICATO APEOC
http://www.apeoc.org.br/ultimas-noticias/34-ultimas-noticias/2702-ferias-e-recesso-escolar-dos-profissionais-do-magisterio-rede-estadual.html

ATRAVÉS DO ENEM JOVENS E ADULTOS PODEM OBTER CERTIFICADO DO ENSINO MÉDIO

" Jovens e adultos podem obter certificado do Ensino Médio a partir do Enem "



" Os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) interessados em obter o certificado de conclusão dessa última etapa da educação básica devem comparecer a um dos 32 Centros de Educação de Jovens e Adultos(Cejas), unidades escolares da Secretaria da Educação(Seduc), para fazer a solicitação. Durante o atendimento, é preciso apresentar RG e CPF.

A iniciativa é destinada às pessoas que não cursaram ou não concluíram o Ensino Médio e que, a partir da oportunidade de fazer a prova do Enem, poderão receber seu certificado de conclusão. Para isso, devem ser observados os seguintes critérios: ter 18 anos ou mais na data da realização da primeira prova do Exame; ter atingido o mínimo de 400 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e o mínimo de 500 pontos na redação.

Conforme Antônia Alves dos Santos, técnica da área de EJA da Seduc, caso o aluno não tenha alcançado a pontuação necessária em todas áreas, poderá também solicitar uma declaração ao Ceja com as notas das matérias aprovadas. “De posse do documento, terá a opção de fazer sua matrícula no próprio Centro para cursar apenas as disciplinas em que não conseguiu resultados satisfatórios” - explica.

CERTIFICAÇÃO

A partir de 2009, o Ministério da Educação(MEC) ampliou os objetivos do Enem e incluiu a certificação para as pessoas com idade a partir de 18 anos que por algum motivo deixaram de concluir o Ensino Médio na idade certa. A Seduc solicitou ao Conselho de Educação do Ceará autorização para realizar a certificação nas unidades dos Cejas, dos quais, nove estão na capital e 23 no interior. Conforme a legislação nacional, os Institutos Federais de Educação também podem fazer a certificação."


FONTE:  PORTAL DA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO CEARÁ
http://portal.seduc.ce.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2304:jovens-e-adultos-podem-obter-certificado-do-ensino-medio-a-partir-do-enem&catid=14:lista-de-noticias&Itemid=76

ONDE ESTÃO OS GRANDES PROJETOS SOCIAIS, AS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O POVO DO CEARÁ ????


ARTIGO DO PUBLICITÁRIO E POETA RICARDO ALCÂNTARA


" A Praia é Mansa. O Governo nem tanto "



" Com o título “A praia é Mansa. O governo, nem tanto”, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara para boas reflexões neste sábado. Ele pede cautela e explica o porquê. Confira:

Cid Gomes quer modelar um projeto urbano para a Praia Mansa, no Mucuripe. Os antecedentes recomendam cautela: toda vez que o governo do estado tem uma ideia para Fortaleza, a cidade perde o sono.

O Centro de Eventos e Feiras, que demorados estudos e extensas consultas recomendaram como ideal no Porto da Draga, foi transferido para a avenida Washington Soares, de trânsito infernal e distante da rede hoteleira.

Do Aquário na praia de Iracema não foi dado a saber público um estudo de sustentabilidade financeira. Os cearenses se arriscam a ficar pagando para que o equipamento (belo, mas de custo elevado) abra as portas todo dia.

A instalação de um estaleiro na praia do Titanzinho, um tipo de estupro que há mais de vinte anos não se comete contra nenhuma grande cidade do mundo, só não foi adiante porque a prefeita da capital botou o pé na porta.

Agora, o governo pretende implantar na Praia Mansa um equipamento fun fest – complexo de restaurantes, bares, auditórios e áreas de uso público, seguindo modelo bem sucedido em outras cidades pelo mundo afora.

A ideia é boa – se houver respeito a critérios de sustentabilidade ambiental, transparência na licitação das obras, consulta aos organismos sociais afins e debate parlamentar na aprovação da matéria. Ou seria pedir demais?

Pelos antecedentes, a cidade deveria entrar em estado de vigília. O governo tem sido tosco na compreensão do que Fortaleza deseja e precisa. Coisas assim não são feitas para durar três dias. Exigem reflexão compartilhada."


Ricardo Alcântara,
Publicitário e poeta.

 
FONTE:  BLOG DO ELIOMAR DE LIMA
http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/
 
 
falAÇÃO
 
ESPERAMOS TAMBÉM
GRANDES PROJETOS PARA
A EDUCAÇÃO, SAÚDE,
SEGURANÇA...
SETORES PRIORITÁRIOS
PARA A FELICIDADE
DOS CEARENSES...

FRASE DO DIA


" Quem é que ama o Brasil ???? "


" O trabalhador que produz a riqueza nacional ou o politico nefasto e hipócrita que finge defender os interesses do povo e desta grande nação??? "
 
 
FONTE: BLOG DO ALAÉRCIO FLOR
http://alaercioflor.blogspot.com/
 
 
UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA

ORAÇÃO E TRABALHO



" DIA FELIZ "


"Não pretenda chegar a Deus por caminhos fáceis, entre os barulhos das alegres festas da vida. Antes, procure alcancá-lo em subidas de sacrifícios e no silêncio da sua oração.
O trabalho é um excelente veículo de aproximação do Pai, assim como a prece que nasce dos lábios do seu coração.
Trabalho e oração são os dois mais poderosos guindastes que realizam a sua subida para a perfeição.

Pratique-os e verá."


FONTE: BLOG DO LYMA NETTO
http://lymanetto.blogspot.com/

 
UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

DIPLOMAS

" DIPLOMAS "





" Diplomados e com aumento de 61% em seus salários, os deputados federais Tiririca, Maluf e Romário serão empossados na próxima terça-feira, 1º de fevereiro. "



FONTE: BLOG SOU CHOCOLATE E NÃO DESISTO
http://souchocolateenaodesisto.blogspot.com/2011/01/diplomas.html

VAMOS CASSAR OS POLÍTICOS QUE NÃO CUMPREM SEUS MANDATOS

" 21 senadores tiveram mais de um ano de faltas "



" Levantamento exclusivo mostra que 21 senadores deixaram de comparecer a mais de 110 das 430 sessões deliberativas realizadas na legislatura. Maioria das ausências foi abonada. Veja a lista dos mais ausentes nos últimos quatro anos "



FOTO: MOREIRA MARIZ - SENADO
" Magno Malta foi o senador que mais faltou nos quatro anos da legislatura: 166 ausências "




Edson Sardinha, Renata Camargo e Fábio Góis

" Um em cada quatro senadores deixou de comparecer o equivalente a um ano de mandato nas sessões de votação na atual legislatura. Levantamento exclusivo feito pelo Congresso em Foco revela que 21 senadores estiveram ausentes a mais de 110 das 430 sessões deliberativas realizadas pelo Senado. Nesse período, a Casa realizou em média 108 sessões ordinárias por ano. Ou seja, entre fevereiro de 2007 e dezembro de 2010, eles não registraram presença em mais de um quarto das reuniões do plenário. Juntos, esses senadores acumularam 2.807 ausências. Foram 2.028 licenças para faltar e 779 ausências sem justificativa.

A relação dos mais ausentes na legislatura é heterogênea. É encabeçada por Magno Malta (PR-ES), presidente da CPI da Pedofilia, pelo ex-presidente da República Fernando Collor (PTB-AL) e pela ex-candidata à Presidência Marina Silva (PV-AC). Magno Malta teve 166 ausências; Collor, 164, e Marina, 162. Entre eles, apenas Marina se valeu por determinado período de licença para tratar de assuntos particulares, modalidade pela qual o senador deixa de receber, sem implicar ônus para o contribuinte. Os dados fazem parte de pesquisa feita pelo Congresso em Foco com base em informações oficiais do Senado.

Alagoas gazeteira

O estado de Alagoas, de Collor, é o único a ter toda sua bancada na lista dos mais ausentes da legislatura. Fazem companhia ao ex-presidente os também alagoanos Renan Calheiros (PMDB) e João Tenório (PSDB). Santa Catarina e Paraíba têm dois representantes. Completam o grupo senadores de Pernambuco, Espírito Santo, Acre, Ceará, Sergipe, Maranhão, Roraima, Rio de Janeiro, Tocantins, Pará, Rondônia, São Paulo, Bahia e Rio Grande do Norte. Os oposicionistas PSDB e DEM puxam o ranking dos senadores com mais ausências: são cinco tucanos e quatro do Democratas.

Veja a lista com os 21 que mais se ausentaram durante toda a legislatura

Pelas regras da Casa, os senadores têm direito a justificar suas faltas por meio de licenças, como prevê o regimento interno (artigos 13, 39 e 40). Basta o encaminhamento de um ofício. São três tipos: licença por atividade parlamentar ou missão política; licença por motivos de saúde, e licença para tratar de interesse particular. Dessas, apenas a licença por interesse particular significa desconto na folha de pagamento do senador (o chamado ônus remuneratório). Nas demais, mesmo ausente, o parlamentar continua recebendo seus vencimentos.

A Constituição Federal determina que senadores, bem como deputados, devem comparecer a, no mínimo, dois terços das sessões ordinárias. A exceção são as licenças, que podem ser justificadas por motivo de saúde, interesse particular ou missão política. Caso ultrapasse o limite constitucional, o parlamentar faltoso pode enfrentar processo de perda de mandato na Corregedoria do Senado.

Compromissos nos estados

Todos os 21 senadores que figuram na lista dos mais ausentes na legislatura foram procurados pelo site, para justificar as ausências. Apenas dois, no entanto, responderam aos contatos feitos pelo Congresso em Foco: a senadora Patrícia Saboya (PDT-CE) e João Durval (PDT-BA).

Segundo a senadora Patrícia, foi a própria atividade legislativa que demandou sua presença em compromissos “em outros estados”, o que levou, consequentemente, às ausências em plenário. A senadora cearense defende que “a assiduidade em plenário não é o único fator que marca um mandato” e afirma que sua “atuação foi marcada pela intensa troca de ideias com a sociedade civil organizada”.

“Os encontros em outros estados geraram, inclusive, projetos importantes que viraram lei, como o da Licença-Maternidade de seis meses”, disse a senadora, fazendo referência em seguida ao Premio Congresso em Foco. “Este trabalho foi reconhecido pelo próprio Congresso em Foco, que me colocou entre os 15 senadores mais influentes”, afirmou. Patrícia lembrou ainda que jornalistas que cobrem o Congresso consideraram a Nova Lei da Adoção – baseada em projeto de minha autoria – como a mais importante do ano de 2009.

A assessoria de imprensa da senadora acrescentou ainda que todas as faltas foram justificadas à Secretaria Geral da Mesa, muitas delas referentes a encontros com organizações da sociedade civil realizados em outros estados. Também foram feitas comunicações formais de licenças médicas e para acompanhamento de uma filha adotada da senadora.

Licença médica

Também do PDT, o senador João Durval retornou ao site para explicar a respeito das suas 111 ausências em sessões plenárias destinadas a votações de projetos. Por meio de sua assessoria de imprensa, o parlamentar informou que, nos primeiros quatro anos de mandato, tirou “duas grandes licenças médicas, uma delas de 60 e outra de 30 dias corridos”.

“Boa parte das ausências aconteceu durante esses dois períodos. Há também as ausências justificadas, pelo menos cinco delas em viagens a convite do presidente da República”, afirmou. “Há outras ausências justificadas por compromissos políticos e, é claro, ausências não justificadas”, argumentou o parlamentar, sem entrar em detalhes sobre as faltas sem explicação formal. Das 111 ausências do parlamentar baiano, 33 foram sem justificativas.

O levantamento sobre a assiduidade parlamentar é realizado pelo site a cada seis meses. Assim como nas demais edições da série, o Congresso em Foco se coloca à disposição para receber as justificativas das ausências dos demais parlamentares. Possíveis respostas encaminhadas ao site após a veiculação desta matéria também serão publicadas."


FONTE: CONGRESSO EM FOCO
http://congressoemfoco.uol.com.br/noticia.asp?cod_canal=21&cod_publicacao=35895

DOENÇAS DO SÉCULO PASSADO ATACAM EM FORTALEZA

CHARGE: NEWTON SILVA

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

VAMOS SALVAR O NOSSO PLANETA

DEFENDENDO O MEIO AMBIENTE
VAMOS SALVAR O NOSSO PLANETA !



" Dignidade "


" Poucas pessoas tiveram a coragem de pedir a exoneração de um cargo, o famoso boné, por conta de seus princípios morais e por estar em desacordo com os rumos que a pasta que lhe foi confiada está seguindo. Mas foi exatamente o que a superintendente estadual do Meio Ambiente (Semace), Lúcia Teixeira, fez.

Diante das mudanças no processo de liberação de licenciamento ambiental aprovado recentemente pela Assembleia Legislativa, e afirmando seu compromisso com o interesse público, pediu para sair do governo estadual. Deixa no ar uma pergunta: que tipo de preocupação o governo estadual tem com o futuro ambiental de nosso Estado?

A flexibilização de licenciamento é uma ameaça constante à degradação da ecologia. Deixa sem proteção a fauna e a flora, que podem ser tripudiadas se isso for a vontade dos governantes para seguir em frente com o que eles chamam de progresso. Então foi para isso que elegemos esses homens públicos? "


COLUNA
REGINA MARSHALL



FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=922988


participAÇÃO


" INDÚSTRIA DE MULTAS "

CHARGE: NEWTON SILVA


JOSÉ ALENCAR É HOMENAGEADO EM SÃO PAULO

FOTO:ROBERTO STUCKERT FILHO

" Dilma, Lula e Alencar participam de cerimônia em São Paulo. Ontem, a cidade completou 457 anos "
 
 
 
" APÓS LULA E ALENCAR "



" País está no rumo certo, diz Dilma Rousseff "

" O ex-vice-presidente Alencar, que saiu do hospital para ser homenageado em São Paulo, ficou emocionado "


São Paulo

" A presidente Dilma Rousseff ressaltou ontem que o País está no rumo certo graças à parceria entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-vice-presidente José Alencar. Na primeira aparição juntos depois da passagem da faixa, Dilma e Lula choraram lado a lado em homenagem ao ex-vice-presidente José Alencar.

Abatido e de cadeira de rodas, José Alencar falou sobre a luta de mais de uma década contra o câncer. O ex-vice-presidente, que tem 79 anos, recebeu a medalha 25 de Janeiro, comenda conferida a personalidades pelos 457 anos da cidade de São Paulo.

"Ele (Alencar) foi um parceiro nessa trajetória", afirmou Dilma, diante da plateia com adversários históricos. No discurso, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) cumprimentou Dilma, destacou "a alegria de recebê-la em São Paulo" e desejou-lhe "um grande mandato".

O prefeito Gilberto Kassab (DEM) agradeceu a participação de Dilma, apesar de ter cometido a gafe de ter se referido a ela como "querida vice-presidente". Kassab pretende se filiar ao PMDB, partido que faz parte da base de apoio da presidente.

Dilma, que falou por 10 minutos e 45 segundos, não poupou elogios ao "espírito empreendedor e cívico" de Alencar. A presidente destacou que ele se tornou importante para os brasileiros, "que vivenciaram a luta tenaz de um homem que sobrevive com honradez e dá exemplo de dignidade". Segundo Dilma, Alencar foi um excelente vice-presidente ao lado de um grande presidente.

Dirigindo-se a Alckmin e Kassab, comprometeu-se em manter parceria com o Estado e a Prefeitura de São Paulo. A cerimônia terminou sem que Lula discursasse. Ele saiu sem falar com a imprensa, em um helicóptero junto com Dilma.

Medalha

Alencar chegou acompanhado por médicos para receber a medalha 25 de janeiro. Emocionado, admitiu que chorou ao saber que Dilma e Lula estariam juntos na homenagem. "Eles vieram e eu achava que não poderia deixar de vir", disse.

Alencar discursou sentado e disse que não está totalmente recuperado, mas "está bem melhor". "São 90 dias de internação, exceto dois dias em Brasília e um dia no meu apartamento, em São Paulo", justificou. Bem-humorado, brincou com os convidados. "Os discursos devem ser como vestido de mulher. Não devem ser nem tão curtos que nos escandalizem, nem tão longos que nos entristeçam". José Alencar falou por 9 minutos e 40 segundos."





FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=923460

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

FRASES DE HOJE

" ESTOU LUTANDO PARA
   NÃO MORRER "


JOSÉ ALENCAR
EX-VICE-PRESIDENTE DO BRASIL


--------------------------------------------------------


SOBRE O IMPOSTO DE RENDA



"É um absurdo não corrigir a tabela porque a maioria das categorias
teve aumento real que vai ser comido pela Receita Federal"...
"Para mim, isso é apropriação indébita"


Artur Henrique da Silva Santos.
Presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT)

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

A SUPERINTENDENTE DA SEMACE PEDE DEMISSÃO




" Titular da Semace oficializa pedido de demissão "




" A superintendente estadual do Meio Ambiente (Semace), Lúcia Teixeira, reuniu todos os servidores do órgão nesta manhã de segunda-feira, no auditório do Conselho Estadual do Meio Ambeinte (Coema) e informou oficialmente que pediu exoneração do cargo.

Lúcia Teixeira lembrou dos avanços obtidos na gestão com apoio dos servidores e do episódio de mudanças no processo de liberação de licenciamento ambiental aprovado recentemente pela Assembleia Legislativa.

Ela agradeceu o apoio de todos os servidores e disse que mandou carta para o governador Cid Gomes (PSB) explicando motivos de sua saída. Lúcia reafirmou o seu compromisso com o interesse público. Procuradora estadual, Lúcio Teideira retornará para sua atividades na Procuradofia Geral de Justiça do Estado."


BLOG DO ELIOMAR DE LIMA
http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/

TABELA DO IMPOSTO DE RENDA SERÁ REAJUSTADA



Nos jornais:


O Globo

" Governo vai negociar IR em troca do salário mínimo "

" A presidente Dilma Rousseff decidiu reajustar a tabela do Imposto de Renda de Pessoa Física em 2011 pelo índice da inflação de 2010 (6,46%), desde que essa concessão faça parte de um acordo com os partidos e as centrais sindicais para estabelecer o salário mínimo em R$ 545. No máximo, admite-se internamente no governo que o mínimo chegue a R$ 550. Nunca os R$ 580 defendidos pelas centrais. E também não seria atendida, neste acordo, a terceira reivindicação da pauta dos sindicatos, que é o aumento de 10% das aposentadorias acima do mínimo - esses benefícios foram reajustados apenas pela inflação.

Essa posição será apresentada nesta segunda-feira por Dilma em reunião com o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, responsável pela negociação com os movimentos sociais. Na quarta-feira à tarde, ele receberá representantes das seis centrais sindicais no Palácio do Planalto, quando será aberta oficialmente a negociação do governo Dilma com os representantes dos trabalhadores. "



FONTE:  CONGRESSO EM FOCO
http://congressoemfoco.uol.com.br/

" LEGISLATIVO DO CEARÁ NÃO EXISTE, DIZEM ANALISTAS "









" RELAÇÃO DOS PODERES "
" Legislativo do CE não existe, dizem analistas "

André Haguete classifica como "anomalia" a força do Executivo em torno do Legislativo cearense
FOTO: CAROL DOMINGUES  -  DIÁRIO DO NORDESTE


" Propostas como criação de cargos e sobre licenciamento ambiental não tiveram maiores debates na AL "


" Para cientistas políticos das Universidades Federal e Estadual do Ceará (UFC e Uece), André Haguete e Regina Serqueira, o legislativo do Ceará não existe. Tal avaliação dos professores procurados pela reportagem do Diário do Nordeste se dá em função da análise que eles fazem da situação atual da representatividade do Executivo junto do Legislativo, citando como exemplo a convocação extraordinária do governador Cid Gomes (PSB) à Assembleia Legislativa para votação de 32 propostas do Governo do Estado, todas aprovadas sem maiores discussões.

Entre as propostas, figuraram criação de algumas secretarias, medidas polêmicas como a dispensa de licenciamento ambiental para algumas obras e a criação de cargos de assessores com poder de secretários.

Para o sociólogo André Haguete , a combatividade e oposição, que deveriam ser as marcas de uma Assembleia viva não existe na Legislatura cearense. "Não existe mais Poder Legislativo no Ceará e isso faz um bom tempo. Essa anomalia já acontecia no primeiro mandato do governador Cid e agora no segundo piorou. Isso é alarmante quando se tem apenas um deputado de oposição", aponta.

Para os pesquisadores, a principal falha que isso pode causar para a sociedade é o enfraquecimento da democracia, uma vez que o ato de fiscalizar, acompanhar e cobrar do poder Executivo, não existe, e, quando ocorre, é de uma maneira tímida e, muitas das vezes, omissa.

"Um governo sem oposição é quase uma ditadura, porque não tem um contraditório necessário para que se haja a governança. O Cid, inclusive, disse que isso é bom para o povo e eu até acredito que seja, pois há várias maneiras de se fazer o bem para o povo. Mas é complicado quando se tem apenas uma cabeça pensante", analisa.

A falta de uma terceira via e também do discurso entre os formadores de opinião é uma das possíveis causas das "vozes perdidas" e do "debate morto", conforme posicionamento da professora de ciências políticas da Uece, Regina Serqueira.

Ausência

Para Serqueira, quando o Executivo funciona em um regime quase imperial a democracia perde, pois o Governo pensa, age, articula e executa. Isso tudo com a ausência de uma oposição forte no Legislativo.

"A oposição é muito importante para que se tenha um debate. O Legislativo é uma via, que a meu ver está quase que totalmente de braços atados. É preciso um exercício muito profundo de Filosofia para que se possa mudar essa situação, pois a sociedade sofre e a Democracia só tende a perder com um governo que usa a ferramenta de poder que une tudo, causando assim, a letra morta, a fala morta", lamenta a professora.

Os professores analisam ainda que a criação de um super bloco que tem o apoio de quase todas as bancadas para garantir a governabilidade a todo custo é prejudicial, pode ampliar atos de corrupção, pois, segundo André Haguete, o Executivo teria de agradar a gregos e troianos. "O jogo democrático foi criado necessitando de oposição. Em um governo sem oposição, não existe possibilidade de isso ser positivo para a sociedade, que fica enfraquecida", diz."



FONTE: DIÁRIO DO NORDESTE
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=922331