SOU DO CEARÁ


"Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece e procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrer
Não nego meu sangue, não nego meu nome
Olho para a fome , pergunto o que há ?
Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
Sou cabra da Peste, sou do Ceará."


Patativa do Assaré

sábado, 30 de outubro de 2010

O QUE ESTÁ ACONTECENDO NO BRASIL ????

VOLTA DA DITADURA, NÃO !!!!!



DEMOCRACIA

E

LIBERDADE DE EXPRESSÃO !!!



CENSURA, NÃO !!!



                           IMAGEM: http://zeoliveira.blogs.sapo.pt/arquivo/285268.html




" Veto a obra de Lobato considerada racista causa polêmica ."


" A obra é Caçadas de Pedrinho. Apesar de vetada como discriminatória pelo Conselho Nacional de Educação, o veto é desaconselhado pelos ministros da Educação e da Igualdade Racial."

" O ministro da Igualdade Racial, Eloi Ferreira de Araújo, discorda do veto à distribuição em escolas públicas do livro Caçadas de Pedrinho, de Monteiro Lobato (1882-1948), cuja primeira edição foi de 1933. A obra pertence ao ciclo do Sítio do Picapau Amarelo. A medida foi sugerida em parecer do Conselho Nacional de Educação (CNE) sob alegação de que a obra é racista.

O ministro concorda, por outro lado, com a sugestão do órgão de que seja inserida no livro uma nota crítica sobre o contexto em que ele foi escrito e defende que a medida seja estendida a todas as obras infantis que tenham o que considera o mesmo problema.

O parecer ainda tem de ser homologado pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, para entrar em vigor. Ele não quis se pronunciar sobre o caso, porém apurou-se que deve discordar do veto ao livro. Mas pode aceitar a ideia da nota explicativa.

Para o ministro Araújo, essa nota deve ser redigida de forma a atrair a leitura da criança: “Se fizer um texto rebatendo, mas como uma bula de farmácia, quem lê?” Ele diz que concorda com o parecer quanto à avaliação de que há racismo nos livros de Lobato e afirma que uma leitura sem crítica acaba minando a autoestima das crianças negras.

Especialistas na obra do escritor discordam do parecer. Dizem que o tratamento do negro nela pode, justamente, servir de ponto de partida para debater o tema. “Aquele Brasil era outro. Há pessoas que fumam, matam onça, caçam passarinho, meninas que não vão à escola”, declarou Cilza Bignotto, professora de língua portuguesa da Faculdades de Campinas (Facamp) e autora de dissertação de doutorado sobre o autor pela Unicamp. “É bom para que os alunos entendam o Brasil em que vivem hoje”, acrescentou.

Cilza discorda tanto da supressão do livro nas escolas quanto na inserção de nota explicativa. Márcia Camargos, também especialista em Lobato, classifica como censura a iniciativa do CNE.

As normas sobre as relações raciais, citadas no parecer, “deveriam servir para incentivar o debate em sala de aula e não para encobrir temas tidos como delicados”, afirmou em nota a Editora Globo, que publica Caçadas de Pedrinho.

A Academia Brasileira de Letras (ABL) decidiu discutir o parecer do CNE na sua próxima reunião, na quinta-feira, para uma eventual manifestação sobre o tema."


(das agências de notícias)



FONTE: JORNAL O POVO
http://www.opovo.com.br/app/opovo/brasil/2010/10/30/noticiabrasiljornal,2058154/veto-a-obra-de-lobato-considerada-racista-causa-polemica.shtml



----------------------------------------------------------



falAÇÃO



O QUE ESTÁ ACONTECENDO
NO BRASIL ??????

O presidente atual ( LULA ), não quer " oposição ",
fez de tudo para " derrotar os inimigos " do Senado.
Estão criando um tal de " conselho de comunicação "
nos estados, é " regulação " na internet,
vetos, censuras...

É o Estado " intervindo "
na cultura, nos meios de comunicação...

É essa a " democracia " que querem adotar no Brasil ???

Estou preocupado, já coloquei minha " barba de molho "...

Além dessas " idéias ", existem outras
esperando o fim do 2º turno para serem divulgadas...

Vem aí um " pacotão " de medidas que vai
limitar a vontade dos brasileiros...


ATENÇÃO !!!!

NÃO VAMOS ACEITAR RETROCESSOS !!!!

QUEREMOS

DEMOCRACIA,

LIBERDADE DE EXPRESSÃO...

Nenhum comentário:

Postar um comentário